E, ao contrário do que muita gente pensa, a terapia com animais não é invenção da modernidade, não! Segundo estudiosos do assunto, a comunidade científica começou a estudar essa categoria a partir da década de 60. Em 1972, uma instituição inglesa para doentes mentais já introduzia animais como alternativa de tratamento para seu pacientes.

No entanto, no século XIX, na Alemanha, em um centro para epiléticos com mais de 5 mil pacientes, era oferecida uma equitação terapêutica.